16 de maio de 2017

stand-by


Essa madrugada me afoguei entre os travesseiros e algumas gotas pesadas de lágrimas. Resolvi deixar escorrer pela telha dos olhos, tudo que andei sufocando aqui dentro. Me aconcheguei entre os braços de quem mais tem cuidado de mim, de quem anos atrás eu preferia longe. Mas hoje, do que me adiantaria ser filha única? A quem eu recorreria se não a você, nas minhas noites insones e crises? Madrugadas sempre me deixam pensativa e em uma dessas me peguei abraçada a lembranças e desesperanças que um dia fizeram parte de mim. Me doeu um tanto, a vidraça estilhaçou e as 03:30hr da manhã estava eu juntando meus cacos. Eu entendi que não há como dar conta de tudo, por isso daqui, um stand by, um até logo. Cuidarei de mim,  voltarei ainda mais viva.

Agradeça aos livramentos, aos erros e acertos, por tudo que fez você chegar até aqui. Nos vemos daqui a alguns meses.
© BLOG OXITOCINA. Todos os direitos reservados.
Editado por: VICTÓRIA DANTAS.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo