7 de agosto de 2017

#BEDA7 | GERAÇÃO RIVOTRIL

Das piores decisões que eu já tomei na vida, aqui está uma delas
As noites insones se tranquilizaram, assim como os meus ânimos, assim como os meus ombros. O coração acelerado encontrou descanso, os olhos fechados num lance, 2mg por dia! E talvez lhe pareça pouco, mas faz muito: derruba meu corpo, minha vontade, minha vida por inteira quando eu digo não. E é tão difícil dizer não! Você não acreditaria se eu te contasse quantas noites eu 'perco' quando a dose diária não é tomada, quantas vezes eu preciso esconder os tremores, os medos. E por falar em medos, sinto falta de quando eles só dormiam debaixo da minha cama. Hoje, dormem colados ombro a ombro comigo, dividem espaços no colchão e me acompanham 24hr por dia. 

Os enjoos se tornam frequentes, e quanto mais eu tento arrancá-lo (o remédio) de mim, mas me dói, mas frágil me sinto. Então eu me perco entre o frio, cobertores, tonturas e agasalhos, sofro em silêncio e torço para que tudo isso passe logo. No pensamento algo estala: miserável dia em que eu resolvi me 'curar' com isso. Mas tudo bem, todo mundo comete erros e como humana que sou, decidi pelo caminho mais prático quando precisei nas pressas escolher uma solução. Hoje escolho o contrário, coisas que talvez em um outro momento eu fale. 

Ansiedade não é brincadeira, não é divertimento, não é frescura. Ansiedade é algo sério, que mata muita gente em silêncio, que sofre calado por não encontrar apoio, que se abala em dobro com algo que para outros parece bobeira. E daqui, junto comigo, vejo minha geração se perdendo entre prescrições, bulas e tarja preta, porque nos fazem correr, nos dizem para viver cada dia como o último, ou então que devemos ter tudo planejado para o futuro, para decidir a vida aos 16; e vivendo no limite, sinto que a qualquer hora a vida que já anda meio sem controle, vai capotar, e lá dentro estaremos nós, entre sangue, vidros e amassados. 

Geração Rivotril, não quero te ver assim: zumbi. Quero tiver indo calma, sendo alma, vivendo cada dia com sensatez. Quero teu coração pulsante de alegria e não por temores, quero teus olhos em lágrimas por vitórias e não por medo do futuro, quero tuas mãos quentinhas no lugar de tão gélidas. Quero você viva, com saúde, sem precisar de uma dose diária de calmante. "Eu desafio você, a ter uma overdose de felicidade, quero ver você se transformar (Supercombo)."
#BlogEveryDayinAugust2017

4 comentários:

© BLOG OXITOCINA. Todos os direitos reservados.
Editado por: VICTÓRIA DANTAS.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo